A Caixa Econômica Federal disponibilizou no ano de 2020 a possibilidade de mudança na conta do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço. O método consiste em trocar os direitos atuais, como o saque rescisão, amplamente conhecido pelos brasileiros, pelo método saque aniversário.

         A maior desvantagem talvez seria o fato de que ao ser demitido sem justa causa, como não há mais o saque rescisão, a pessoa encontra-se à mercê da situação, possuindo apenas o valor da multa contratual de 40%. Todavia, aos que possuem maior estabilidade e um bom valor em conta FGTS, esta saída permite a retirada de um salário mínimo. A proposta então foi bem recebida pelos brasileiros, porém ao escolher o saque aniversário, a pessoa deve aguardar dois anos para retornar à modalidade saque rescisão.

         O saque aniversário pode ser realizado uma vez ao ano no primeiro dia útil do mês da data comemorativa e perdura aos próximos dois meses, após extinção do prazo, só é permitido a retirada do valor no ano seguinte. Como medida de exemplo, no caso de 2021, ano que estamos, caso a pessoa faça aniversário em outubro, o valor pode ser retirado entre o dia 1º de outubro e 30 de dezembro.

         Além do saque anual, outra vantagem atrelada ao saque aniversário é o adiantamento das parcelas, ou seja, instituições realizam empréstimos tendo como segurança o valor da conta FGTS. Tal modelo garante, assim como o empréstimo consignado, menores taxas de juros mesmo no contexto atual com a Selic a 7,75%, uma vez que o risco de inadimplência é reduzido, pois há uma fonte segura que protege o pagamento.

         Outro lado positivo desta modalidade de empréstimo é a facilidade para obtenção do serviço, haja vista que pode ser realizado de forma 100% online junto ao banco responsável pelo contrato e não há consulta a órgãos de proteção de crédito, pois o pagamento dar parcelas utiliza o valor em FGTS para conservação das unidades financeiras. Portanto, a burocracia para adquirir o adiantamento do saque aniversário é praticamente nula.

         Antes de realizar o contrato, basta ter certeza se possui saldo na conta FGTS, para tanto, devemos acessar o aplicativo da Caixa Econômica Federal ou o Internet Banking para ter acesso a esta informação.

         No caso das pessoas que desejam efetuar a modificação, ou seja, do saque rescisão para o saque aniversário, o procedimento também é simples: 1. Entre no seu aplicativo FGTS ou internet banking na área destinada ao Fundo de Garantia; 2. Encontre logo ao início: “Faça a opção pelo Saque Aniversário”; 3. Leia e aceite os “termos e condições” e clique em “optar pelo saque aniversário; 4. Escolha a opção a seguir dentre “crédito em conta caixa”, “sacar presencialmente” ou “transferência bancária”, o qual definirá qual o local de destino do saque aniversário; 5. Adicione os dados bancários que serão requisitados; 6. Após confirmar data de recebimento, todo ano a partir de seu aniversário, será possível retirar este valor dentro do prazo estipulado.

         Com a mudança realizada e você, caro leitor, pretendendo fazer o empréstimo, lembre-se que é necessário possuir as seguintes características para o adiantamento do saque aniversário: ser maior de 18 anos, ter situação regular com a receita federal, possuir conta corrente ou poupança (no qual o valor do empréstimo será depositado), ter saldo em conta FGTS; e, ser optante da modalidade saque aniversário.

         Em diversas instituições financeiras, é possível adiantar até 5 saques aniversário, porém, a Solução Crédito Online oferece a você, caro leitor, o adiantamento de até 7 saques. Para ter a transparência de valores pagos, basta simular seu empréstimo e reconhecer as instituições bancárias parceiras que possuem as menores taxas de juros. Ainda, o contrato pode ser efetuado de forma totalmente online e com segurança, embasados na Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

         Acesse a plataforma e venha conferir o que separamos especialmente para você.