Após as mudanças das regras de aposentadoria, muitos trabalhadores ficaram com dúvidas sobre como está sendo a transição e as normas atuais, sendo assim, para você que pretende se aposentar neste 2022, vamos conferir algumas informações relevantes sobre as novas metas de aposentadoria.

Quanto a um dos aspectos mais importantes, a pontuação necessária para atingir a aposentadoria é uma métrica que não podemos deixar de lado, pois faz parte da Reforma da Previdência que ocorreu em 2019.

As mulheres que buscam a aposentadoria por idade, as quais antes se aposentavam aos 60 anos, agora devem realizar uma pequena conta até 2023, ano no qual a idade de aposentadoria será de 62 anos completos. A cada ano são estendidos seis meses no período de aposentadoria, por exemplo: 2020: 60 anos e meio; 2021: 61 anos; 2022: 61 anos e meio; 2023: 62 anos (data final).

Portanto, neste ano de 2022, as mulheres deverão ter ao menos 61 anos e meio para requisitar a aposentadoria. Já no que tange aos homens, desde 2019 a idade fora fixada em 65 anos.

Contudo, para conseguir adquirir a aposentadoria por idade, também é necessário um tempo de contribuição e este período trabalhado deve ser de no mínimo 15 anos com a previdência social. A regra vale tanto para homens quanto para mulheres.

Quanto aos trabalhadores que se encontram no que conhecemos como período de transição, ou seja, dentre a lei antiga e a atual, a reforma previdenciária utiliza-se da regra 86 (M) – mulheres – e 96 (H) – homens –. Esta regra compreende a somatória de contribuição e idade para atingir o período da aposentadoria. Todavia, agora em 2022, os pontos encontram-se em 89 (M) e 99 (H), ou seja, uma mulher com 60 anos de idade precisa ter contribuído ao menos 29 anos junto à previdência, por exemplo.

Sobre as pessoas que contém um período de contribuição muito elevado, a mínima de idade é de 57 anos e meio para mulheres e 62 anos e meio para os homens. Neste caso, o tempo mínimo de contribuição é de 30 anos para as mulheres e 35 anos aos homens.

Além da aposentadoria, também há a questão da pensão por morte que garante benefício à pessoa mais próxima da família ou em situação de dependência. Porém, a Lei se manterá a mesma até 2024, ano que ocorrerá nova mudança de acordo com a Lei 13.135.

Atualmente, quem está com 22 anos de idade pode receber a pensão por até três anos, sendo o intervalo de tempo diferente a cada idade. Abaixo, então, podemos consultar melhor o tempo em que cada faixa etária garante a pensão por morte:

Entretanto, vale frisar que esta tabela é pós reforma da previdência social, sendo assim, os beneficiários antigos possuem direito adquirido da pensão por morte.

Portanto, a Solução Crédito Online pergunta a você, caro leitor. O objetivo da aposentadoria ficou mais fácil ou não de se atingir após a reforma da previdência social? Não deixe de verificar as condições como as ditas neste texto, pois é capaz que seu direito à previdência esteja mais próximo.