Há alguns dias está ocorrendo o pagamento do benefício do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O pagamento faz referência ao mês de setembro e ocorre no final do mesmo e início de outubro aos segurados que recebem o piso salarial da previdência (R$ 1.100,00) e, apenas no início do mês de outubro, aos que recebem valor superior ao salário mínimo.

         O pagamento, portanto, é realizado em dois grupos: o primeiro grupo recebe nos últimos 5 dias úteis do mês referente ao salário e nos 5 primeiros dias úteis do mês a seguir. Em contrapartida, o segundo grupo recebe apenas nos 5 primeiros dias úteis do mês posterior. Ambos os grupos recebem em suas instituições de origem normalmente, porém, o que define os dias de recebimento e o grupo em que o segurado pertence é o número final do Número de Identificação Social (NIS), número antes do traço do dígito verificador, e o valor a ser recebido, respectivamente.

         A fim de ilustrar o que fora dito acima e facilitar sua visualização, caro leitor, disponibilizaremos a seguir duas tabelas referentes aos pagamentos dos benefícios do INSS. Vale ressaltar que os saldos de ambos os grupos já estão em processo de andamento. Ainda, devemos lembrar que os pagamentos ocorrem apenas nos dias úteis, portanto, excluem-se fins de semana (sábado e domingo) e feriados.

Tabela 1 – Calendário de pagamentos aos que recebem até o piso salarial

Tabela 2 – Calendário de pagamentos aos que recebem acima do piso salarial

         Uma dúvida de diversos beneficiários é sobre como ter acesso às datas de pagamentos do INSS de forma prévia, para tanto, basta acessar a plataforma Meu INSS com seu CPF e senha criado anteriormente. Caso não saiba como realizar o cadastro, basta acessar nossa matéria: Como acessar Meu INSS? O guia completo de utilização!.

         Uma vez cadastrado e dentro da plataforma, devemos procurar o ícone ou escrever na barra de pesquisa: “calendário de pagamentos”. Esta alternativa não mostra apenas os pagamentos do ano de 2021, mas também dos anos de outrora. Além dos já pagos, também demonstra quais as datas dos meses posteriores dos pagamentos que serão efetuados dentro do ano em questão.

         Além do calendário de pagamentos, a vantagem de utilizar a plataforma do Meu INSS é que a mesma pode ser encontrada no formato de site e aplicativo, sendo assim, podemos utilizá-la em nossos celulares, tablets e computadores. Em acréscimo, diversas opções estão presentes na plataforma, como: agendamentos, solicitações, perícias, extratos, consultas de informações e afins.

         Com o avanço da COVID-19 no ano de 2020 e o perdurar da mesma neste ano de 2021, as medidas para controle da doença foram incentivar o isolamento social, o que aumentou o uso de tecnologias digitais e serviços à distância, portanto, o uso do aplicativo popularizou ainda mais e colaborou com a população e com o Governo Federal na continuação das consultas e atendimentos.

         Por fim, caso não tenha o aplicativo ainda, não se esqueça de utilizar o guia e criar sua conta, pois a praticidade e segurança superam as expectativas. Para mais informações com relação a previdência social e o mundo financeiro, continue acompanhando a Solução Crédito Online, pois sempre estaremos aqui para ajudá-lo.