Dos diversos benefícios disponibilizados pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), não mais há a necessidade única de realizar solicitações apenas fisicamente nas agências da previdência social. Com a evolução tecnológica digital, disponibilizou-se a possibilidade de realizar serviços à distância e de forma muito mais prática e otimizada. Todavia, na primeira semana de outubro de 2021, outra possibilidade surgiu para os beneficiários.

         O INSS divulgou que além dos métodos já utilizados até então para requisitar solicitações, agora também será possível a entrada do pedido de pensão por morte e auxílio-maternidade diretamente nos cartórios. A partir do dia 15 de outubro, sexta feira, será possível solicitar ao INSS a pensão por morte, assim que dada a entrada na certidão de óbito, e o auxílio-maternidade, uma vez que seja realizada a entrada da certidão de nascimento.

         Esta mudança ocorreu, pois, a Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil) e o INSS entraram em acordo com relação à cooperação técnica, sendo assim, veiculou-se aos cartórios de todo o país a possibilidade de efetuar tais serviços.

         De acordo com o órgão responsável pela previdência social, este procedimento visa atender milhares de brasileiros, agilizando e ofertando os auxílios à população de forma mais simples e otimizada. Porém, trata-se de um projeto de duração de 30 dias para analisar a efetividade do serviço, e, caso haja respaldo positivo, o mesmo deve vir a tornar-se uma medida efetiva posteriormente.

         E como será efetuado este procedimento? Ao realizar as certidões no cartório, o mesmo irá verificar se há direito ao benefício e o resultado será direcionado ao sistema do INSS em tempo real, sendo assim, o próprio cartório irá efetuar a solicitação de concessão do benefício, uma vez que haja todos os documentos necessários. O cidadão terá, portanto, o pedido em mãos e o comunicado será encaminhado pelo cartório diretamente ao INSS.

         De acordo com os dados da Previdência Social, esta mudança irá agilizar e ofertar para 1,8 milhão de pessoas os benefícios, sendo que os mesmos estão em fila de espera desde julho. Dentre este número, cerca de 25% aguardam a liberação do benefício apenas pela falta de entrega dos documentos necessários, estando os demais, aproximadamente, 40 dias em espera da concessão das solicitações.

         Para demais informações e averiguar o andamento dos diversos processos realizados pelo Instituto, lembre-se de sempre utilizar a plataforma Meu INSS, pois a mesma permite consultar e efetuar agendamentos e requerimentos múltiplos, agilizando e ofertando à população um caminho mais veloz aos seus direitos. Ainda, a plataforma da Previdência Social garante aos beneficiários a proteção sanitária, uma vez que a COVID-19, apesar de estar em melhores patamares no que se refere à contenção, ainda prejudica a volta total dos serviços presenciais. O isolamento social às pessoas que podem manter-se afastadas de aglomerações, portanto, continua sendo uma medida efetiva e de redução dos casos. Vale ressaltar também que o público idoso e com comorbidades fora o que constou com maior taxa de mortalidade desta enfermidade e, este público, em grande maioria, utiliza-se da previdência social.

         Por fim, a Solução Crédito Online busca sempre demonstrar a você, caro leitor, o quão importante é estar atento às novidades financeiras e previdenciárias, oferecendo, ainda, soluções que possam te proteger e garantir bem estar. Assim como precisamos nos atentar à saúde financeira, também não podemos deixar a nossa em segundo plano. Aliás, não se esqueça de conferir nossa plataforma e simular as melhores possibilidades de empréstimo consignado e antecipação do saque-aniversário (FGTS), feitas especialmente para você, com as menores taxas e podendo ser requisitados de forma totalmente segura e online.