Com o começo da pandemia, o governo implementou muitas medidas para facilitar o acesso ao crédito e aos empréstimos e assim evitar que a crise financeira do país afetasse as pessoas mais necessitam de auxílios. Porém, com a chegada do próximo ano algumas medidas serão revogadas e haverão muitas mudanças no crédito consignado em 2020.

Quer entender que mudanças são essas? Neste texto explicaremos para você detalhadamente o que muda para as pessoas que desejam pedir crédito ou empréstimos. Além disso, explicaremos os motivos de cada alteração e quais são as expectativas para 2021 em relação ao crédito consignado. Confira agora mesmo!

Quais são as mudanças do crédito consignado em 2021?


Como já foi dito, tivemos mudanças no crédito consignado para 2021. Isso porque, durante o ano anterior foram feitas algumas alterações que facilitaram a contratação de empréstimos e crédito. Entenda agora quais foram as principais alterações feitas:

1.    Término da carência para o primeiro desconto


No ano de 2020 as pessoas que realizavam um contrato de empréstimo poderiam pagar a primeira parcela em até 90 dias. Porém, com as novas regras do empréstimo consignado para 2021, isso não se torna mais uma opção para as empresas cobrarem ou não a primeira parcela em 90 dias e o seu vencimento volta a ser de 30 dias.

2.    Redução da margem consignável


Durante o ano de 2020, a margem de crédito consignável subiu para 40%. Entretanto, em 2021 essa margem retornou para 35%.

Sendo assim, a margem de empréstimo diminuirá e os aposentados e pensionistas que já tem uma dívida em aberto poderão pedir menos crédito. Enquanto isso, os novos aposentados poderão contratar normalmente o crédito com até 35% de margem, sendo 30% destinados a empréstimo consignado e os demais 5% referentes ao cartão de crédito consignado.

3.    Nova cobrança do IOF


No ano de 2020 o governo também optou por isentar a cobrança do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), dessa forma as operações de crédito se tornaram mais baratas.

Porém em 2021 as pessoas que solicitarem crédito voltam a ter a incidência do IOF nas operações de crédito.

4.    Desbloqueio dos benefícios novos para fazer empréstimo


Durante 2020 uma das medidas tomadas foi a redução no prazo de bloqueio dos benefícios recém concedidos para fazerem um novo empréstimo. Os novos segurados do INSS em 2020 poderiam fazer seu primeiro empréstimo consignado após 30 dias do benefício concedido. Porém agora, em 2021 volta a valer o que estava em vigor anteriormente, ou seja, só serão liberados empréstimos para os novos aposentados e pensionistas do INSS após 90 dias (3 meses) da data de concessão do benefício.

Mudanças para os servidores públicos


Além de mudanças para o empréstimo e o crédito dos aposentados e pensionistas, os servidores públicos também sofrerão com as alterações previstas para 2021. Sendo assim, para obter empréstimo consignado Siape, o servidor precisará ter margem consignável e ser associado com um dos convênios disponíveis.

Outras mudanças previstas para aposentados e pensionistas em 2021


Além das mudanças no crédito consignado para aposentados e pensionistas em 2021, o governo também alterou o salário dos aposentados para o próximo ano. Sendo assim, os aposentados terão um aumento de R$ 55 e o salário que antes era de R$ 1.045 passa a ser de R$ 1.100 em 2021.

Essa medida entra em vigor à partir do dia 25 de janeiro e o calendário de pagamentos deste ano é o seguinte:

Datas para quem recebe até um salário mínimo


Final 1

25/1; 22/2; 25/3; 26/4; 25/5; 24/6; 26/7; 25/8; 24/9; 25/10; 24/11 e 23/12

Final 2

26/1; 23/2; 26/3; 27/4; 26/5; 25/6; 27/7; 26/8; 27/9; 26/10; 25/11 e 27/12

Final 3

27/1; 24/2; 29/3; 28/4; 27/5; 28/6; 28/7; 27/8; 28/9; 27/10; 26/11 e 28/12

Final 4

28/1; 25/2; 30/3; 29/4; 28/5; 29/6; 29/7; 30/8; 27/9; 28/10; 29/11 e 29/12

Final 5

29/1; 26/2; 31/3; 30/4; 31/5; 30/6; 30/7; 31/8; 30/9; 29/10; 30/11 e 30/12

Final 6

1º/2; 1º/3; 1º/4; 3/5; 1º/6; 1º/7; 2/8; 1º/9; 1º/10; 1º/11; 1º/12 e 3/1/2022

Final 7

1º/2; 1º/3; 1º/4; 3/5; 1º/6; 1º/7; 2/8; 1º/9; 1º/10; 1º/11; 1º/12 e 3/1/2022

Final 8

3/2; 3/3; 6/4; 5/5; 4/6; 5/7; 4/8; 3/9; 5/10; 4/11; 3/12 e 5/1/2022

Final 9

4/2; 4/3; 7/4; 6/5; 7/6; 6/7; 5/8; 6/9; 6/10; 5/11; 6/12 e 6/1/2022

Final 0

5/2; 5/3; 8/4; 7/5; 8/6; 7/7; 6/8; 8/9; 7/10; 8/11; 7/12 e 7/1/2022

 

Datas para quem recebe mais de 1 salário mínimo:


Finais 1 e 6

1º/2; 1º/3; 1º/4; 3/5; 1º/6; 1º/7; 2/8; 1º/9; 1º/10; 1º/11; 1º/12 e 3/1/2022

Finais 2 e 7

1º/2; 1º/3; 1º/4; 3/5; 1º/6; 1º/7; 2/8; 1º/9; 1º/10; 1º/11; 1 º/12 e 3/1/2022

Finais 3 e 8

3/2; 3/3; 6/4; 5/5; 4/6; 5/7; 4/8; 3/9; 5/10; 4/11; 3/12 e 5/1/2022

Finais 4 e 9

4/2; 4/3; 7/4; 6/5; 7/6; 6/7; 5/8; 6/9; 6/10; 5/11; 6/12 e 6/1/2022

Finais 5 e 0

5/2; 5/3; 8/4; 7/5; 8/6; 7/7; 6/8; 8/9; 7/10; 8/11; 7/12 e 7/1/2022

 

Ao longo deste texto vimos quais serão as mudanças no crédito consignado em 2021. Vimos que as pessoas que desejarem obter empréstimo não contarão mais com as facilidades concedidas durante o ano de 2020, como a isenção do IOF e mais tempo para pagamento da primeira parcela da dívida. Além disso, mostramos brevemente quais serão as alterações salariais.

Gostou desse artigo? Em nosso site há muitos outros conteúdos que deixarão você informado! Por isso, não deixe de acompanhar as nossas publicações.