Saímos do mês de prevenção ao câncer de mama, também denominado como Outubro Rosa, e adentramos no mês de Novembro, o qual também é reconhecido pela sua importância da na luta contra o câncer. Este denominamos como Novembro Azul e é tão importante citá-lo quanto o mês que se passou.

         O novembro azul é um mês de conscientização em prol da saúde masculina e é reconhecido desta forma mundialmente. A Iniciativa deu-se na Austrália no ano de 2003 e atualmente é utilizada internacionalmente, a fim de prevenir o câncer de proposta.

         O mês azul propõe a indução do público masculino à prevenção do câncer de próstata, buscando alertar sobre os perigos da doença e reduzir o número de casos pelo mundo, incentivando a realização de exames e, em especial, a quebra de tabus, haja vista que para realização do exame clínico é necessário o toque retal para reconhecimento do câncer, pois a glândula localiza-se em frente ao reto. Tal situação faz com que o preconceito seja realçado e o diagnóstico reconhecido de forma tardia, o que pode até mesmo levar à morte.

         Assim como no Outubro Rosa, agentes de saúde e comunidade em geral movimentam-se para realizar a campanha, sendo que pontos turísticos das cidades até mesmo aderem em suas luzes a coloração utilizada no mês.

         O câncer de próstata é a neoplastia mais decorrente em nosso país no público masculino, portanto, a necessidade de efetuar medidas incentivadoras à contenção desta enfermidade faz-se necessário. O assunto muitas vezes é tratado com negligência entre os homens, porém, estima-se, de acordo com dados do Instituto Oncoguia, que cerca de 1 a cada 36 homens morrem em decorrência a este câncer no Brasil.

         A neoplastia está relacionada à morte de células que se aglomeram e geram nódulos na região em questão, desregulando o organismo e gerando diversos problemas em decorrência. No caso do câncer de próstata, a idade avançada leva ao surgimento da doença baseado nas escolhas de vida da pessoa e hereditariedade.

         Dados revelam que homens negros têm maior proporção de conter câncer de próstata do que homens brancos. Contudo, homens obesos tendem a ter um risco ainda maior. Portanto, é possível perceber que falta de exercícios físicos, tabagismo, alcoolismo, além de hábitos alimentares ruins tendem, com o passar do tempo, a prejudicar de diversas formas o organismo e levar até mesmo ao desenvolvimento da neoplastia.

         Recomenda-se que a partir dos 50 anos de idade, tanto o exame retal, quanto o exame de sangue, sejam realizados para concluir se há a doença ou não. Em casos de pacientes que possuem histórico familiar, recomenda-se que realizem o exame a partir dos 45 anos.

         Quanto aos sintomas e tratamentos da doença: dores e frequência exagerada para urinar, além da presença de sangue na urina e no sêmen são alguns dos sintomas que aparecerão quando a doença já estiver avançada. E, quanto ao tratamento, apenas cirurgia, radioterapia e quimioterapia serão efetivas contra o câncer, uma vez que a retirada dos tumores e extermínio das células por meio da radiação são os únicos modos de combate existentes. Sendo assim, podemos verificar a importância da descoberta precoce no caso de possuir a doença.

         Com o avanço da tecnologia, alguns laboratórios possuem sistemas de inteligência artificial que colaboram com os médicos na leitura dos exames, como no caso do exame de sangue, além da telemedicina que colabora com o reconhecimento do câncer que é utilizada atualmente em cirurgias e afins, mas ainda há muito a percorrer para findar estar doença.

         Afinal, enquanto não há outra possibilidade de vencer ao câncer com a tecnologia atual, reconhece-lo previamente e tentar preveni-lo cuidando positivamente da saúde, são recomendações da Solução Crédito Online a você, caro leitor. Portanto, não se esqueça de realizar os exames e estar sempre em dia com sua saúde física.