O Ministério do Trabalho e Previdência (MTP) anunciou neste mês de março o “Programa Renda e Oportunidade” com quatro medidas importantes para alavancar a economia brasileira e colaborar com a população que enfrenta os prejuízos da alta inflacionária, principalmente o público de baixa renda.

          De acordo com os dados divulgados pelo MTP, cerca de 150 bilhões serão injetados na economia por meio de três medidas provisórias e um decreto, sendo uma dessas medidas e o decreto em questão direcionados especificamente para os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

          Especificamente, as três medidas são: Microcrédito digital (direcionado a empreendedores); Saque Extraordinário FGTS (para trabalhadores de carteira assinada – contas ativas e inativas); e aumento da margem consignável em 5% para aposentados e pensionistas do INSS (de 35% para 40%). Quanto ao decreto, o mesmo se trata sobre a antecipação do 13º salário também dos segurados do INSS.

          Vamos então saber quais os pontos positivos para os aposentados e pensionistas da Previdência Social.

          Apesar de a medida provisória trazer apenas o aumento da margem consignável em 5% e não todas as demais mudanças que tivemos no ano passado no empréstimo consignado, como o bloqueio do novo benefício de apenas 30 dias e o período estendido de 72 meses nas mensalidades do empréstimo, o aumento da margem é o ponto principal.

          Muitas pessoas após a diminuição da margem consignável ao fim de 2021 se viram negativadas já conter um contrato de empréstimo e impossibilitadas de realizar um novo. Isso prejudicou milhares de pessoas que utilizam essa linha de crédito para adquirir seus sonhos e objetivos, justamente por se tratar da modalidade com menores taxas de juros no mercado.

          Entretanto agora com o novo aumento, os aposentados e pensionistas do INSS que não podiam mais efetuar o contrato de consignado pelo limite apresentado de 30% do salário, poderão inclusive pedir o refinanciamento de seu empréstimo, reiniciando o contrato, mas utilizando os valores adicionais dispostos pela margem consignável, além dos valores disponíveis pelas parcelas já pagas.

          Outra novidade dentro da medida provisória é que os segurados do INSS que recebem o benefício conhecido como BPC/LOAS ou o público que participa do Programa Auxílio Brasil poderão realizar também o contrato de empréstimo consignado, que antes não era permitido.

          Vale ressaltar que o empréstimo consignado para BPC/LOAS é destinado às espécies de benefício 87 (portadores de deficiência) e 88 (idosos acima de 65 anos).

         

De acordo com os dados do Ministério do Trabalho e Previdência, cerca de 50 milhões de brasileiros serão beneficiados por essa medida e R$ 77 bilhões de reais serão movimentados por conta dos contratos de consignado.

          Além da medida provisória, o decreto nº 10.999 beneficiará 30,5 milhões de segurados do INSS com o adiantamento do 13º salário que será entregue em duas vezes: a primeira de 50% do salário do beneficiário já em abril – entre 25 a 6 de maio –, enquanto o restante do valor será pago na segunda parcela entre o período de 25 de maio a 7 de junho.

          Tais mudanças, portanto, irão dar um fôlego na economia da nação e dos brasileiros como um todo, além de colaborar positivamente com as pessoas que se encontram afetadas de forma grave pela inflação que aparenta estar um pouco distante de aliviar.

          Com todas essas novidades, quer saber o local ideal para adquirir seu empréstimo consignado? Basta então acessar então o site da Solução Crédito Online. Aqui você encontra as melhores oportunidades de empréstimo com as menores taxas de juros do mercado.

          Simule os valores que deseja receber e saiba exatamente o quanto será pago, além do mais, o contrato de empréstimo pode ser realizado de forma 100% online, com total conforto e segurança. Aguardamos por você!